Carlos Alberto Sardenberg openbaar
[search 0]
Meer

Download the App!

show episodes
 
Loading …
show series
 
Carlos Alberto Sardenberg analisa crise global: 'os países mais desenvolvidos estão numa roleta russa, porque existe uma inflação que exigiria taxa de juros elevada, mas dentro do processo inflacionário, existem itens que não vão baixar por conta do juros, que é o caso do gás que vem da Rússia'.
 
Carlos Alberto Sardenberg analisa os novos anúncios dos bancos centrais do Brasil e dos Estados Unidos. No país, o BC encerrou o maior ciclo de altas de juros desde 1999. Já o Fed, nos EUA, elevou a taxa juros pela terceira vez consecutiva. Para o comentarista, essa alta 'impacta no mundo inteiro'.
 
No Linha Aberta, Carlos Alberto Sardenberg fala sobre as expectativas em torno da reunião do Banco Central nesta quarta-feira, quando será definida a taxa de juros. O número esperado por especialistas é 13,75%, que deve ser mantido até o fim do ano. 'O ambiente é favorável neste aspecto', diz Sardenberg, 'porque as previsões do setor privado é de i…
 
No Linha Aberta, Carlos Alberto Sardenberg argumenta que é preciso se deter mais sobre o assunto do reajuste para enfermeiros, apesar de ser uma reivindicação justa. Ele destaca que há diversos problemas no SUS, em especial 'escassez de recursos e mau uso dos recursos disponíveis'. Contudo, medidas como reajuste de piso não podem ser feitas com dec…
 
Carlos Alberto Sardenberg faz uma análise sobre a crise no gás, que preocupa União Europeia, e pode causar reflexos no mundo. Comentarista destaca que a Europa está se esforçando para se livrar da dependência do gás russo e cita o agravante de que a Opep anunciou uma redução na produção de petróleo.
 
O IBGE divulga o índice de desemprego de julho nessa quarta-feira, e quinta sai o resultado do PIB do segundo trimestre. Economistas projetam bons números, puxados, principalmente, pela melhora no setor de serviços. Carlos Alberto Sardenberg analisa a influência dos resultados na eleição, mas destaca as projeções de desaceleração em 2023: 'uma camp…
 
No Linha Aberta, Carlos Alberto Sardenberg argumenta que os planos econômicos dos candidatos, apesar de atraentes ao consumidor, não têm perspectiva de cumprimento. Segundo ele, os três líderes das pesquisas, Lula, Bolsonaro e Ciro Gomes, prometem aumentar os gastos com a população, mas diminuir a arrecadação de impostos ao mesmo tempo. 'A conta nã…
 
Carlos Alberto Sardenberg faz uma análise da situação econômica do Brasil, já que Bolsonaro levantou na entrevista ao JN que o país está indo muito bem. Sardenberg destaca a questão da inflação no país, provocada por questões internas e externas. A situação real da economia brasileira: 'uma recuperação modesta, puxada por fatores casuais, e que não…
 
Carlos Alberto Sardenberg repercute o leilão de Congonhas e outros 14 terminais. Segundo ele, os custos de operação de aeroportos ficaram muito maiores, o que diminui interesse das das companhias aéreas em expandir suas rotas. Como o grande aeroporto paulista está atrelado a outros menores pelo país, as empresas temem lucros baixos. 'Juntar o filé …
 
Carlos Alberto Sardenberg fala sobre as contas que não fecham: menos dinheiro entrando e mais dinheiro saindo. Ele faz uma relação entre distribuição de dinheiro, eleição e as contas públicas de 2023. ‘Nós temos um governo federal muito ativo na distribuição de dinheiro e redução de impostos, o que vai levar uma situação de desajuste para 2023’.…
 
Carlos Alberto Sardenberg fala sobre o empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil, BPC e renda mensal vitalícia. Esses três benefícios são dados a pessoas muito vulneráveis. Os três maiores bancos privados brasileiros, Itaú-Unibanco, Bradesco e Santander, anunciaram que não vão participar do consignados nessas três modalidades. Fina…
 
No Linha Aberta, Carlos Alberto Sardenberg conta histórias dele com o amigo Jô Soares, a quem visitou há cerca de cinco semanas para pedir conselhos para a produção de uma peça de teatro. Segundo ele, nesta ocasião, o humorista parecia muito cansado e demonstrava preocupação com o momento político no Brasil. Sardenberg fala ainda de uma pegadinha q…
 
O valor superou os depósitos em R$ 12,7 bilhões. É a maior saída líquida já registrada neste mês, desde o início da histórica, em janeiro de 1995. Para Carlos Alberto Sardenberg, este não é um movimento comum. O comentarista faz uma relação do recorde com dados de endividamento crescente das famílias brasileiras, rendimento baixo da poupança e aume…
 
Carlos Alberto Sardenberg fala sobre a dinâmica de captação de empréstimos com dinheiro do Auxílio Brasil. 'A gente não deve demonizar qualquer tipo de crédito; é algo positivo para a economia', pontua. 'Mas do jeito que está sendo feito, é uma medida eleitoreira.' Segundo ele, o crédito consignado injeta mais capital na economia, mas aumenta a cap…
 
O Banco Central anunciou um novo aumento da taxa Selic para 2022, de 13,25% para 13,75%. Em setembro, o índice deve chegar a 14%, quando terminaria o chamado "ciclo de alta". Sardenberg explica que a redução dos impostos feita pelo governo Bolsonaro reduzirá a inflação do ano, mas alerta para o efeito inverso a partir de 2023: 'BC já dava como perd…
 
Carlos Alberto Sardenberg avalia que a viagem da presidente da Câmara dos EUA a Taiwan não traz benefícios à ilha e ainda gera uma crise diplomática entre China e Estados Unidos. Ele ainda analisa a complexa situação econômica e política envolvendo Taiwan e conclui: 'não é provável que haja uma guerra por causa disso, mas pode haver confusão'.…
 
Carlos Alberto Sardenberg fala sobre as contas públicas de 2023. Ele explica que o Congresso tem que aprovar o Orçamento até 31 de agosto, pelo menos as regras básicas. Comentarista cita alguns problemas: manutenção do Auxílio Brasil de R$ 600, reajuste do funcionalismo, redução de ICMS sobre combustíveis, energia elétrica e telecomunicações. 'Os g…
 
O governo federal pretende usar a antecipação de dividendos da Petrobras para cobrir parte de seu déficit. No entanto, Carlos Alberto Sardenberg avalia o dinheiro será usado para gastos 'inconstitucionais' e com fins puramente eleitoreiros, em vez de ser aplicado em programas mais robustos. Sardenberg critica, ainda, distribuição se subsídios para …
 
A prévia da inflação oficial, medida pelo IPCA-15, ficou em 0,13% em julho, abaixo da taxa de 0,69% registrada em junho. Carlos Alberto Sardenberg destaca que a diminuição está relacionada à queda do preço da gasolina e da energia elétrica, reflexo das mudanças no ICMS, que devem durar até o final do ano. Por outro lado, o comentarista ressalta que…
 
Carlos Alberto Sardenberg explica que o documento não vai se referir nominalmente a nenhum candidato, mas vai deixar claro que é contra os movimentos do presidente Bolsonaro de ataque às urnas eletrônicas e às instituições. Faculdade de Direito de São Paulo vai divulgar o texto assinado por ex-ministros do STF, juristas, empresários, banqueiros, ad…
 
Carlos Alberto Sardenberg repercute o anúncio de corte de R$ 5 bilhões do Orçamento para viabilizar os programas sociais previstos na PEC. Sardenberg lembra dos precatórios, quando, no início do ano, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o governo não tinha recursos para bancá-los. 'Agora o dinheiro apareceu', ironiza o comentarista. El…
 
Loading …

Korte handleiding

Google login Twitter login Classic login